O administrador é o profissional que planeja, organiza e dirige as atividades de uma instituição, pública ou privada. Um bom profissional faz o sistema funcionar de uma forma melhor, atingindo bons resultados com os mesmos investimentos. A administração é uma das Ciências Sociais Aplicadas que mais sofre mudanças. Por ser uma teoria que lida basicamente com a gestão de recursos e pessoas, ela precisa evoluir conforme a sociedade, sempre com o foco no mundo dos negócios.

O mercado de trabalho está passando por profundas transformações neste início de século. Cada vez mais profissionais, principalmente, no nível executivo, estão se defrontando com novos desafios, tais como globalização, descentralização, downsizing e terceirização. As próprias noções de emprego e trabalho estão mudando. É necessário, então, que o Administrador tenha bem claro qual o seu papel; que conhecimentos deve possuir para se preparar para os novos desafios, e quais as habilidades que lhe serão exigidas, num ambiente tão tumultuado e competitivo.

Desse modo a formação do profissional desenvolvida pelo curso de Administração observa as especificidades da sociedade brasileira e sua inserção no cenário internacional, e particularmente, as peculiaridades locais e regionais, de forma que o egresso tenha capacidade de reconhecer as múltiplas funções que o Administrador exerce na sociedade e possa desempenhar suas atividades.

O Curso de Administração destina-se a formar Administradores preparados para enfrentar os desafios das rápidas transformações sociais, com uma sólida formação básica, humanística e cultural, e que sejam capazes de compreender todo o contexto da administração de modo integrado, sistêmico e estratégico, como também suas relações com o ambiente externo,através da transmissão, análise e questionamento que desenvolvam competências (saber agir), habilidades (saber fazer e saber conhecer) e atitudes (saber ser), favorecendo ao desenvolvimento das organizações e da sociedade.

Não é à toa que o Curso de Administração é o mais procurado no Brasil. O mercado de trabalho para o administrador está em franca ascensão. A cada dia aumenta o número de instituições preocupadas em ampliar ao máximo a eficácia nos processos de produção, venda e gestão. As ofertas de trabalho crescem tanto na área pública quanto na iniciativa privada.

Os últimos estudos mostram que o setor governamental é que tem mais carência de bons administradores. Existe uma tendência a desburocratização e modernização na gerência de todos os órgãos públicos.

O concurso público é uma forma de ingressar nessa área, mas é possível também que administradores empregados de empresas privadas possam atuar nos órgãos governamentais através do serviço de consultoria.

  • Profissional liberal;

  • Auditor de gestão;

  • Árbitro em processos de arbitragem;

  • Perito judicial e extrajudicial;

  • Assessor e consultor em administração;

  • Gerente de administração;

  • Analista de administração;

  • Professor, exercendo o magistério em matérias técnicas nos campos da administração em qualquer ramo de ensino técnico e superior

  • Pesquisador/escritor na área de administração.

  • Habilitação: Bacharelado

  • Turno: Noturno (17h às 22h)

  • Carga horária: 3.005 horas/aula

  • Estágio curricular: 300h

  • Duração: 04 anos, com regime semestral e presencial.